BLOG DO PASTOR GILSON SOARES: O que é o "Ouro de Ofir"? Anéis de ouro pandora

BLOG DO PASTOR GILSON SOARES

Páginas

O Pr. Gilson Soares dos Santos é casado com a Missionária Selma Rodrigues, tendo três filhos: Micaelle, Álef e Michelle. É servo do Senhor Jesus Cristo, chamado com santa vocação. Bacharel em Teologia pelo STEC (Seminário Teológico Evangélico Congregacional), Campina Grande/PB; Graduado em Filosofia pela UEPB (Universidade Estadual da Paraíba); Pós-Graduando em Teologia Bíblica pelo CPAJ/Mackenzie (Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper). Professor de Filosofia e Teologia Sistemática no STEC. Professor de Teologia Sistemática no STEMES, em Campina Grande - Paraíba. Pastor do Quadro de Ministros da Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (AIECB). Pastoreou a Igreja Evangélica Congregacional de Cuité/PB, durante 15 anos (1993-2008). Atualmente é Pastor Titular da Igreja Evangélica Congregacional em Areia - Paraíba.

13 de maio de 2015

O que é o "Ouro de Ofir"?

O QUE É O OURO DE OFIR?
Pr. Gilson Soares dos Santos
A gente vê nossos irmãos e irmãs cantando uns para os outros... uns para os outros mesmos... e dizendo “você é precioso, mais raro que o ouro puro de Ofir...”, então você chega e pergunta: irmão o que é o “ouro puro de Ofir”? Qual a resposta que você tem? No mínimo, as respostas serão as seguintes:
- “Sei lá... deve ser alguma coisa boa”;
- “Sabe que eu nunca parei pra pensar nesse ouro de Ofir...”;
- “Ouro de Ofir é o ouro de Ofir”.
- “Ofir era um homem muito rico, cheio de ouro. Tipo... todo “ourinado”.”
- “Ouro de Ofir é uma coisa preciosa... quer dizer, todo ouro é uma coisa preciosa, quem quiser me dar, aceito qualquer tipo de ouro, nem precisa ser de Ofir, kkkkkkk”.
Não estou aqui pra condenar a composição “raridade”, do cantor Anderson Freire, outros pastores já fizeram, até exageraram nos ataques. Tampouco estou aqui para fazer propaganda da canção. Apenas gostaria de falar um pouco sobre o famoso e raro “Ouro de Ofir”.
1 – Versículos sobre o ouro de Ofir
Vamos começar pelos versículos que falam do “Ouro de Ofir”:
I Rs 9.28   “Chegaram a Ofir e tomaram de lá quatrocentos e vinte talentos de ouro, que trouxeram ao rei Salomão.”
I Rs 10.11   “Também as naus de Hirão, que de Ofir transportavam ouro, traziam de lá grande quantidade de madeira de sândalo e pedras preciosas.”
I RS 22.49   “Fez Josafá navios de Társis, para irem a Ofir em busca de ouro; porém não foram, porque os navios se quebraram em Eziom-Geber.”
I Cr 29.4   “três mil talentos de ouro, do ouro de Ofir, e sete mil talentos de prata purificada, para cobrir as paredes das casas;”.
2 Cr 8.18   “Enviou-lhe Hirão, por intermédio de seus servos, navios e marinheiros práticos; foram com os servos de Salomão a Ofir e tomaram de lá quatrocentos e cinqüenta talentos de ouro, que trouxeram ao rei Salomão.
II Cr 9.10   “Os servos de Hirão e os servos de Salomão, que de Ofir tinham trazido ouro, trouxeram também madeira de sândalo e pedras preciosas.”
Jó 22.24 “e deitares ao pó o teu ouro e o ouro de Ofir entre pedras dos ribeiros,”

Jó 28.16 O seu valor não se pode avaliar pelo ouro de Ofir, nem pelo precioso ônix, nem pela safira.”.
Sl 45.9 “Filhas de reis se encontram entre as tuas damas de honra; à tua direita está a rainha adornada de ouro finíssimo de Ofir.”
Sl 13.12   “Farei que os homens sejam mais escassos do que o ouro puro, mais raros do que o ouro de Ofir.”.
Acredito que pela lista de versículos acima já tenhamos uma noção do que é o ouro de Ofir. Porém, muitos dicionários e enciclopédias da Bíblia trazem detalhes sobre o que é Ofir e sobre a raridade e preciosidade do seu ouro.
2 – Identificando o ouro de Ofir na Bíblia
OFIR é o nome de uma localidade, mencionada na Bíblia, onde era possível encontrar uma variedade preciosa de itens, tais como, ouro, madeira, sândalo e outros. Muitos estudiosos acreditam que sua localização é na Arábia do Sul, porém, Jerônimo quando traduziu a vulgata identificou como sendo na Índia. “A palavra Ofir foi usada para descrever ouro de qualidade muito alta. De acordo com 1 Crônicas 29.4, Davi fez uma doação muito grande, o seu tesouro pessoal, que continha 3.000 talentos de ouro (zahab) de Ofir, para ajudar a financiar a construção do templo.”[1]. “A palavra e usada a respeito de um lugar famoso pela alta qualidade de ouro que produzia (ver Jo 28.16). Vários locais entre a África do Sul e a Índia foram sugeridos como o sitio de Ofir, mas o Sul da Arábia parece ser o local mais provável”[2].
3 – Qual o problema de comparar alguém com o ouro de Ofir?
Existem dois caminhos quando comparamos alguém ao Ouro de Ofir, vejamos:
Primeiro: No sentido de preciosidade: Pode-se dizer que a pessoa é tão preciosa ou mais preciosa que o Ouro de Ofir, nesse caso, não se pode usar o texto de Jó 28.12-16, pois naquele texto se fala da sabedoria e não de pessoas. “De acordo com Jo 28.16, a sabedoria não tem preço; seu valor não se compara nem mesmo a jóias ou metais mais preciosos e exóticos, inclusive o ouro (ketem) de Ofir.”[3]
Segundo: No sentido de raridade: Pode-se dizer que a pessoa é tão rara como o Ouro de Ofir. Nesse caso, apenas uma vez a Bíblia usa a raridade do ouro de Ofir para comparação. É o que está em Isaías 13.9-12 que fala do Dia da ira do Senhor, quando Deus castigará o mundo por causa de sua maldade e os perversos por causa de sua iniquidade. Nesse tempo, da ira do Senhor, será mais fácil encontrar o ouro de Ofir do que encontrar um homem, pois Deus abaterá a soberba dos violentos. Preste atenção no verso 12 “farei que os homens sejam [...] mais raros do que o ouro de Ofir”. “Quando Javé vier castigar os arrogantes, cruéis e ímpios do mundo inteiro (não apenas os babilônios; cf. Skinner, 105, 107-8; Wright, 53-54; Watts, 197-200 [contra Kissane, 154]), haverá um massacre tão disseminado que a raça humana será exterminada quase por completo; os seres humanos serão mais raros até do que o ouro (ketem) de Ofir (Is 13.12).”[4]
Pelo menos, agora sabemos alguma coisa sobre o tão famoso “ouro de Ofir”.

[1] VANGEMEREM, Willem A. (org.). Novo Dicionário de Teologia e Exegese do Antigo Testamento. Vol. 2. 2011: Cultura Cristã. p.313. [2] Idem. [3] Idem. [4] Idem.
Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar com o Pinterest Marcadores: ESTUDOS

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial